O Homem Social

21 06 2008

Em uma bela manhã de domingo ensolarada, um jovem estava entretido em meio aos últimos achados da biblioteca de sua cidade, papéis, documentos, arquivos, livros, caixas de jornais que guardavam anos de história de sua cidade que apesar de pequena colecionava curiosidades e hábitos um tanto quanto estranhos.

Folheando alguns jornais antigos ele encontrou uma notícia pertinente a um dos hábitos de sua cidade, a manchete trazia em letras garrafais o décimo concurso do “Homem Social” com o tema “O sorrido seguido de uma risada” promovido pela Secretaria do Cidadão” de sua cidade como uma forma de preparam os moradores para o futuro, afinal, todas as condições para receber o futuro eram favoráveis naqueles anos.

O estranho concurso incentivava o um novo modelo de sociedade ainda que a parte do resto do pais, o novo estilo de vida baseava-se no uso de roupas sociais, comportamento educado e compromisso com a sociedade e entre os cidadãos, características louváveis para os dias de hoje e alegria do utópicos. Devido a promoção dos anos anteriores do concurso, era notável o grande impulso ao consumo de toda sorte de objetos e artífices que fizesse de cada cidadão um mais respeitoso que o outro, eram uma espécie representantes da modernidade em cada esquina, por esse motivo o tema daquele ano visava alinhar o sorriso de cada cidadão do sexo masculino seguido de uma risada, era o ar de novos humores, após tomar um café, cumprimentar uma jovem pela rua ou nos efervescentes clubes sociais, verdadeiros ingleses pós Inglaterra Vitoriana.

A cidade fervia em escritórios, empreendimentos imobiliários, carros, bondes, balões, telefonia pública e serviços terceirizados eliminando toda uma camada de pobres e marginalizados, a corrupção havia sido banida e transformado administrações municipais em modelos para o estado.

Alguns jornais mais tarde aquele jovem encontra uma edição que anunciava o vencedor do concurso, o felizardo era Jorge Sinuca conhecido como “El mejor”, uma breve biografia do vencedor o descrevia simplesmente como o melhor da cidade, ele tinha um rosto relativamente fino para o padrão da época, um bigode cumprido de pelos finos mantido a muito custo, um corpo esguio e um olhar firme e claro, um sorriso seguido de uma risada marota que conquistava qualquer que se opusesse em sua frente, sorriso tal que o influenciou os organizadores do evento a se inspirarem nesse sorriso, os atributos para o concurso eram: tinha que ser o melhor, o mais ético, o mais sincero, o mais belo.

Não era de se espantar , Jorge tinha um acúmulo de bens generoso para sua idade, roupas impecáveis, uma esposa que vira a transformação do marido assim como sua ascensão social e o nascimento dos filhos, o “Homem Social” era mais que um concurso de beleza, mais que o um símbolo de status!

Naquele ano, Jorge entrou no concurso com todo seu empenho e brilho, fez grandes negócios, foi voluntário em programas governamentais, ajudou amigos, trabalhou exaustivamente, declarou todos os impostos, visitou o padre, hospitais, manicômios, médicos, trouxe gente influente para a cidade, se não fosse por uma falha.

Após os 15 minutos de fama ou mais para sua época, motivado pelo seu próprio orgulho e angústias inerente a alma humana x sua eleição diante de toda cidade e pessoas notórias, ele deixou de rir, não se sabe ao certo se foi pela exaustiva campanha ou se simplesmente sentou-se diante do espelho e viu a real condição humana.

Após ler essa última linha, o jovem se lembrou de todo sol que havia do lado de fora, abandonou os jornais entre toda montanha de livros e achados e lembrou que ainda estava em tempo de acompanhar a final do jogo de futebol com roupas compridas…

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: