Ausente

23 05 2010

Minha ausência nesse blog incomoda, chega a dar náuseas!
Nem me lembro quando foi o último inédito.
Como se estivesse numa grande lata vazia com um canudo sugando o resto do líquido e fazendo aquele barulho característico.
Não tenho poema para ninguém.
Só estou aqui porque estou sem sono, digo, cansado e sem sono.
Qual o motivo de dizer o que sente?
É sempre a mesma história, começo a fazer perguntas ao invés de respondê-las, pergunto até o colapso das idéias, capaz de deixar qualquer um em dúvida sobre tudo e o nada.
Narrativa fantástica, live streaming e nada a dizer.
É isso, seu cérebro está com uma grande e terrível pedra.
Uma pedra de bloqueio mental.
De repente um soluço e… Nada de idéias.
É como andar para trás.
Artistas são assim, incompreensíveis e indefinidos.
Com tudo e nada a dizer.
Siga-me, unfollow me.
Cansei de rever textos antigos.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: