Criação

27 12 2010

Criação é um dos temas mais fascinantes que existem. Tentar entender sobre como uma coisa ou algo foi criado pode tomar segundos ou uma vida inteira sem falar da própria capacidade do homem em criar a partir de seu imaginário.

Certamente, um dos temas mais antigos, estudado e discutido no pensamento humano é a criação do Universo. Independente da corrente que se estude, Criacionismo e Evolucionismo são igualmente fascinantes pelos argumentos que apresentam ao longo da história, um pela simples vontade de Deus e beleza contida em cada detalhe e outra pela lógica e racionalidade do tempo.

Particularmente não vejo o menor problema em estudar as duas correntes uma vez que minha curiosidade vai além, por isso é inevitável ao encontrar uma notícia como a que comento abaixo e não deixar de lembrar-se de um roteiro para HQ que desenvolvia com um amigo de escola que consistia basicamente em criar, no caso recriar, um novo mundo, uma nova Terra a partir da que tinha restado. Imaginávamos uma Terra habitada por sobreviventes em um período pós-apocalíptico, o planeta estava com sua rotação afetada por conseqüências das bombas atômicas lançadas durante o terceiro conflito mundial, era uma Terra agonizante sem alternância entre dia ou noite, estações do ano, devastada por extremos climáticos e um estilo de vida a la Mad Max na região equatorial, onde podia-se encontrar o equilíbrio para a vida reconstruir o quê fosse possível.

Recentemente, lendo um periódico e pesquisando melhor na rede, descobri que nossa imaginação, meu amigo e a minha, vislumbrávamos um planeta! Isso, existe um planeta recém descoberto onde partes de nosso roteiro existe. Chamado de Gliese 581g localizado a 20,5 milhões de anos-luz da Terra possui fortes chances de manter uma atmosfera habitável algo que será comprovado apenas na próxima década quando satélites e sondas super poderosas forem lançadas para estes achados.

Ao que parece a imensidão do espaço nos permite continuar sonhando e imaginando que o imaginário impossível de nossas mentes tem suas modificações e nos faz alimentar esperanças, sonhos e fé de que um dia encontraremos alguém, vida inteligente talvez, que nos livre destes fantasmas existências pois até o momento não tem sido respondido por nenhuma das correntes do pensamento humano.

Referência: Link 1

Anúncios

Ações

Information

One response

28 12 2010
Marcelo Dior

Num planeta com esse (e como Gliese 581g), se houver atmosfera, o problema é que a enorme diferença de temperatura entre o lado iluminado e o lado sem sol geraria uma gigantesca e perene tempestade, com ventos de centenas de quilômetros de velocidade (e o planeta estiver à mesma distância que a Terra e nosso Sol) que permanentemente varreria qualquer vestígio de vegetação (e civilização) do planeta. Mais ou menos como o planeta Crematoria, do filme A Batalha de Riddick.

É… às vezes a lógica e a racionalidade são estraga-prazeres!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: