Rodlivros – #007 – Invasão

16 07 2011

[gigya-embed src=”http://ui.mevio.com/widgets/mwm/MevioBPFX.swf” quality=”high” wmode=”transparent” flashvars=”distribConfig=default&autoPlay=false&container=false&rssFeed=/%3FmId=8117406%26format=json&playerIdleEnabled=false” bgcolor=”#000000″ name=”Mevio” align=”middle” allowFullScreen=”true” allowScriptAccess=”always”]

Abrindo a série de livros sobre temas extraterrenos, eu, Rod, comento
os contos de Invasão, uma coletânea organizada por Ademir Pascale.

Acompanhe
as várias possibilidades da Terra ser tomada por ETs, criaturas verdes
vinda de Marte,  cinzas, humanóides altos de olhos vermelhos ou ainda
seres invisíveis aos olhos humanos.

Saiba mais sobre a origem deste medo e quais os tipos de contato que os humanos podem ter com estes seres.

Prepare-se! Após este epísódo, eles estarão mais próximos que você imagina.

Comentado no episódio:
Algumas obras artísticas que abordam a questão ufológica

O Batismo de Cristo – Aert de Gelder

A Anunciação – Carlo Crivelli

Sobre a narração de Orson Welles, o áudio original pode ser encontrado aqui  e a transcrisção do episódio Wars of the Worlds aqui

Outros episódios do Mercury Theatre podem ser encontrados no endereço http://www.mercurytheatre.info/

Lista de músicas utilzadas neste episódio:

Música: Joan of Arc
Artista: 46bliss
Tempo: 00:00:11 a 02:37

Música: Kal007
Artista: Sinfonia Electronique
Tempo: 23:58 a 25:54

Todas as músicas podem ser encontradas em http://www.musicalley.com/

Email para contato: rodpodcast@gmail.com

Visite o website: http://www.orodbox.blogspot.com

Feed do blog: http://feeds.feedburner.com/orodbox

Feed do podcast: http://www.dimensaonerd.com/category/podcast/rodlivros/feed/





Rodlivros – #005 – Zumbis – Quem disse que eles estão mortos?

14 05 2011

[gigya-embed src=”http://ui.mevio.com/widgets/mwm/MevioBPFX.swf” quality=”high” wmode=”transparent” flashvars=”distribConfig=default&autoPlay=false&container=false&rssFeed=/%3FmId=8103845%26format=json&playerIdleEnabled=false” bgcolor=”#000000″ name=”Mevio” align=”middle” allowFullScreen=”true” allowScriptAccess=”always”]

Olá amigos ouvintes!
Mesmerismo é nome dado ao processo de hipnotizar, magnetizar, encantar
ou causar uma boa impressão, o termo se originou das esperiências feitas
pelo médico Franz Anton Mesmer
(1734-1815) que desenvolveu em sua terapia científica estudano as
propriedades do magnetismo e eletricidade posteriormente seus estudos
ajudaram a definir alguns conceitos da Doutrina Espírita nas para muitas
pessoas ele apenas vislumbrava zumbis!!

Não deixe de atualizar seu feed para continuar recebendo o podcast em seu iTunes:
Feed do podcast: www.dimensaonerd.com/category/podcast/rodlivros/feed/

Lista de músicas utilzadas neste episódio:

Música: Horror Deluxe
Artista: Cabeza Zumbi
Tempo: 01:16 a 02:43

Música: Raindrops in Paris
Artista: Walking Talking Zombies
Tempo: 02:44 a 06:19

Música: Skunks Meet Russians
Artista: B-Sea Surfers
Tempo: 06:19 a 08:54

Música: Zombies
Artista: Cosmos Harvesters
Tempo: 08:54 a 13:00

Música: Zombie Love Affair
Artista: Johnny O & The Jerks
Tempo: 13:01 a 15:51

Música: Zombie Attack
Artista: Rock ‘n’ Roll Monkey and the Robotss
Tempo: 13:01 a 17:35

Música: Zombie Town
Artista: Midnight Peacoks
Tempo: 17:35 a 20:40

Música: In The Dead of Night
Artista: Barry Mccabe
Tempo: 20:40 a 24:52

Todas as músicas podem ser encontradas em http://www.musicalley.com/

Email para contato: rodpodcast@gmail.com

Visite o website: http://www.orodbox.blogspot.com

Feed do blog: http://feeds.feedburner.com/orodbox

Feed do podcast: www.dimensaonerd.com/category/podcast/rodlivros/feed/





Rodlivros – #003 – A Máquina do Tempo

23 03 2011

[gigya-embed src=”http://ui.mevio.com/widgets/mwm/MevioBPFX.swf” quality=”high” wmode=”transparent” flashvars=”distribConfig=default&autoPlay=false&container=false&rssFeed=/%3FmId=8092508%26format=json&playerIdleEnabled=false” bgcolor=”#000000″ name=”Mevio” align=”middle” allowFullScreen=”true” allowScriptAccess=”always”]

Desde a publicação desta obra, o tema viagem no tempo continua sendo um assunto intrigante e ainda não alcançado pela ciência. Nesta obra é possível vislumbrar juntamente com o protagonista suas visões, frustrações e o perígo de se conseguir tal feito.
Embarque agora mesmo nesse comentário, leia o livro, deixe seus comentário e não deixe de acompanhar o próximo episódio!





Rodlivros – Episódio Piloto #000

17 01 2011

[gigya-embed src=”http://ui.mevio.com/widgets/mwm/MevioWM.swf” quality=”high” wmode=”transparent” flashvars=”distribConfig=http://www.mevio.com/widgets/configFiles/distribconfig_mwm_pcw_default.php&autoPlay=false&container=false&rssFeed=/%3FmId=8078815%26format=json&playerIdleEnabled=false” bgcolor=”#000000″ name=”Mevio” align=”middle” allowFullScreen=”true” allowScriptAccess=”always”]

Rodlivros #000 – Introdução ao Rodlivros – Episódio Piloto

Olá! Seja bem vindo ao Rodlivros, o podcast do Rod no http://www.rodbox.wordpress.com.

Neste episódio piloto você saberá os porquês e por ondes desta iniciativa além de links e informações

relacionadas ao comentário feito. Sim, há spoilers.

Abaixo, coloco a descrição das notas para cada livro lido:

0 – Péssimo. Corra dele caso enxergue em qualquer vitrine ou mude de calçada.
1 – Ruim. Não perca seu tempo ao menos se gostar muito do autor e mesmo assim quiser dar uma chance, matar

seu tempo, etc.
2 – Regular. Leia mas não me culpe caso não goste.
3 – Bom. Para entrar na lista de leitura futura, vale a pena ler.
4 – Ótimo. Faça um esforço para encontrá-lo, será recompensador, trará boas experiências.
5 – Excelente. Hall da categoria especial. Procure imediatamente, empreste de quem tenha, compre e leia

imediatamente, 1 vez, 2 vezes, 3 vezes, comente, escreva, anote, adote para sua vida.

Email para contato, críticas, sujestões rodpodcast@gmail.com





A barata

8 01 2011

Viu a barata em cima da pia que comia o sabonete, era o mesmo que utilizava para lavar a mão e a bunda. Lastimou.
Sem dar um passo lançou o chinelo, zunindo pelo ar resvalou na torneira e acertou uma formiga que estava no lugar errado na hora errada, a barata correu aumentando sua repulsa por insetos.
Olhou-a de forma querer fritá-la, rapidamente mirou a cozinha e  pegou o Rodazol em baixo da pia, ela sabia que ele estava ali e mesmo assim continuava sem se mexer desafiando-o.
Espirrada certeira. Sentiu-se aliviado. Em poucos minutos estava escovando os dentes enquanto ouvia seu corpo raspar pelos vãos do armarinho numa tentativa desesperadora de não ver seu fim.
Cuspiu a espuma da pasta, voltando ao espelho lá estava ela fraquejando enroscada em um tufo de poeira, cuspiu novamente, sacou o chinelo do outro pé aguardando o triunfo com satisfação.
Entre um espasmo e outro pelos azulejos lá estava cambaleante, asfixiada e agonizante.
Estacou como em um pedido de clemência… Pláah! A chinelada fatal!
Como numa morte sem gosto, deu trabalho ao ficar grudada na sola, sofreu outro arremesso e toda injustiça social estava resolvida.
Vísceras! Enquanto suas patas mexiam aleatoriamente, seus miúdos estavam espalhados pelo banheiro, sadicamente mais uma borrifada de veneno, viu sua morte lenta de forma prazerosa, contente, saiu assobiando.
Opa, não por muito tempo, calou-se aos xingos de seu pai, eram 3:50 da manhã.





Criação

27 12 2010

Criação é um dos temas mais fascinantes que existem. Tentar entender sobre como uma coisa ou algo foi criado pode tomar segundos ou uma vida inteira sem falar da própria capacidade do homem em criar a partir de seu imaginário.

Certamente, um dos temas mais antigos, estudado e discutido no pensamento humano é a criação do Universo. Independente da corrente que se estude, Criacionismo e Evolucionismo são igualmente fascinantes pelos argumentos que apresentam ao longo da história, um pela simples vontade de Deus e beleza contida em cada detalhe e outra pela lógica e racionalidade do tempo.

Particularmente não vejo o menor problema em estudar as duas correntes uma vez que minha curiosidade vai além, por isso é inevitável ao encontrar uma notícia como a que comento abaixo e não deixar de lembrar-se de um roteiro para HQ que desenvolvia com um amigo de escola que consistia basicamente em criar, no caso recriar, um novo mundo, uma nova Terra a partir da que tinha restado. Imaginávamos uma Terra habitada por sobreviventes em um período pós-apocalíptico, o planeta estava com sua rotação afetada por conseqüências das bombas atômicas lançadas durante o terceiro conflito mundial, era uma Terra agonizante sem alternância entre dia ou noite, estações do ano, devastada por extremos climáticos e um estilo de vida a la Mad Max na região equatorial, onde podia-se encontrar o equilíbrio para a vida reconstruir o quê fosse possível.

Recentemente, lendo um periódico e pesquisando melhor na rede, descobri que nossa imaginação, meu amigo e a minha, vislumbrávamos um planeta! Isso, existe um planeta recém descoberto onde partes de nosso roteiro existe. Chamado de Gliese 581g localizado a 20,5 milhões de anos-luz da Terra possui fortes chances de manter uma atmosfera habitável algo que será comprovado apenas na próxima década quando satélites e sondas super poderosas forem lançadas para estes achados.

Ao que parece a imensidão do espaço nos permite continuar sonhando e imaginando que o imaginário impossível de nossas mentes tem suas modificações e nos faz alimentar esperanças, sonhos e fé de que um dia encontraremos alguém, vida inteligente talvez, que nos livre destes fantasmas existências pois até o momento não tem sido respondido por nenhuma das correntes do pensamento humano.

Referência: Link 1





Mistérios

23 11 2010

Entre uns e outros assuntos que voltam a tona nesta mina cachola, existe um post havia preparado um post sobre um dos últimos hypes na internet, o suposto viajante do tempo que apareceu no filme de Charles Chaplin em 1928 chamado The Circus ou simplesmente O Circo em português mas por alguma razão perdi o arquivo que continha vários links de referencia acredite se quiser, apenas para incrementar o universo de hipóteses criado em torno daqueles poucos segundos que uma pessoa – mulher ou homem – caminha com a mão ao ouvido e conversando como se estivesse segurando um celular, conspiração de minha parte ou não em ter deletado acidentalmente o arquivo de disco? Talvez…

Tentando resgatar o conteúdo do post perdido, volto a um assunto que estudava constantemente em minha adolescência, na época era extremamente aficionado por coisas do gênero misterioso, chamo-o unicamente de A Teoria da Conspiração ou Teorias da Conspiração se assim o leitor preferir, algo extremamente vasto e que pode te fazer um neurótico em busca de evidências das mais absurdas linhas de pesquisa dentro deste campo.

Filmes da Disney, backward messages, peças publicitárias subliminares, incentivos velados a pederastia, sodomia e toda e qualquer perversão do gênero humano são pequenas pistas diante do vasto campo que voltei a Stonehengeacompanhar. Desde a reeleição  duvidosa de George W. Bush em 2006 e constantes denúncias de suas ligações comerciais com a temida figura de Osama Bin Laden e sua família na Arábia Saudita, existe algo mundialmente cheirando muito mas muito mal e que está ficando por isso mesmo, se analisados os fatos, temos as mais variadas linhas de pensamentos, desde alarmistas conspiratórios a cientistas políticos que são unânimes quando o assunto é a posição política de Bush que nunca se importou em tornar público sua natureza republicana e os planos mundiais “necessários” sem fatos suficientemente justificáveis, basta ver as recentes declarações do próprio afirmando que o mundo está melhor sem Saddam Hussein. Enquanto isso a mídia vilã, nos dispersa! Existem tantos escândalos e coisas do tipo “polvo Paul”, fazendas e BBBs entretendo as pessoas que… Como eu disse está ficando por isso mesmo.

Desde então tenho feito uma lista, para minha análise e deleite de infindáveis horas de discussão entre céticos e especuladores, voltei a alguns autores conspiratórios e refiz minha lista de temas a explorar, vão desde os mais genéricos aos mais específicos, aí vai:

  • Morte dos Kennedy
  • Corrida espacial / ligações com a Guerra Fria
  • O caso Roswell
  • Terrorismo
  • Manipulação massiva
  • Pandemias
  • Aquecimento global
  • Regimes totalitários
  • Sociedades secretas
  • Dominação global
  • Contatos extraterrestres

Partindo destes tópicos, certamente meu objetivo não é afirmá-los ou negá-los nem virar um investigador de casos insólitos, talvez seja apenas entreter, sugerir perguntas e se tudo não passar de manipulação é provável que dê boas histórias e roteiros fílmicos, ou ainda…

Seria este post mais uma tentativa vinculada a Grande Conspiração de manipular sua atenção e te fazer, meu caro leitor, deixar de ver o óbvio?

Não deixe de acompanhar os próximos posts.